Dê sua opinião!

Como Você avalia a Segurança na BSC, Tendo em vista de tantos acidentes?
 

colunistas

Sinap

Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 

SINDICELPA-BA
SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE CELULOSE, PAPEL, PASTA DE MADEIRA PARA PAPEL, PAPELÃO, CORTIÇA, ARTEFATOS DE PAPEL, MADEIRA E ASSIMILADOS DO ESTADO DA BAHIA - CNPJ-13.037.189/0001-39,

Está ligado diretamente à demanda do Setor no Estado da Bahia e do sindicalismo no Brasil. Em 1960 surgiu a primeira fábrica de papel no estado da Bahia, instalada em Santo Amaro da Purificação, recôncavo baiano, uma empresa do Grupo Econômico chamada INPASA (Indústria de Papel Santo Amaro). Em 1985, surgiram os primeiros movimentos de trabalhadores no setor de papel no estado, foi criada a "União dos Empregados no Setor papeleiro do Estado da Bahia”, tendo em vista que a região tinha um grande potencial para investimentos no setor de papel, celulose e artefatos.

E como naquela época os trabalhadores não podiam criar sindicatos, por conta da truculência da ditadura militar, um grupo de trabalhadores que acreditava na união da categoria e na defesa de seus direitos contra a exploração dos patrões, criou a ASTICELPA (Associação dos Trabalhadores na Indústria de Celulose e Papel).
Ainda como associação, em novembro de 1988 com uma atitude corajosa, os companheiros (as) da direção da ASTICELPA tendo em vista as intransigências da direção da INPASA fizeram uma greve de quinze dias, a partir dai os trabalhadores e a diretoria da ASTICELPA amadurecidos no retorno da maior greve na história do setor, decidiram se organizar cada vez mais rumo à construção do sindicato.

O reconhecimento da entidade, pelo Ministério do Trabalho como Sindicato, aconteceu em 19 de fevereiro de 1992, quando o então Ministro do Trabalho, Sr. Almir Pazzianotto, concedeu a carta sindical. A partir desse reconhecimento, avolumaram-se as lutas em prol da categoria dos papeleiros com um salto de qualidade na representatividade perante os patrões. Nasceu então o SINDICELPA-Ba. Desde esta época, o Sindicelpa-Ba vem desenvolvendo intensas lutas em defesa dos interesses coletivos da categoria papeleira no estado da Bahia, aumentando e diversificando a cada dia os benefícios sociais aos associados, buscando parcerias com outras instituições e com os próprios trabalhadores, por entender que estas ações são fundamentais para qualquer entidade que representa trabalhadores.
O Sindicelpa-Ba conta hoje, com uma estrutura sindical sólida, com sede em Santo Amaro-Ba, e demais subsedes em: Eunápolis, Baixo Sul do Estado; Feira de Santana, cidade conhecida como princesa do sertão; Itabatã distrito de Mucuri, Extremo Sul da Bahia e Camaçari, região metropolitana na grande Salvador. Tanto na sede quanto nas subsedes o Sindicelpa-Ba tem uma gama de prestação de serviços sociais para as comunidades locais.

Embora a prestação de serviços assistenciais não sejam funções específicas de um Sindicato, no Sindicelpa-Ba esse tipo de atendimento é uma tradição e tornou-se uma referência para a categoria.
O Sindicelpa-Ba tem o compromisso de valorizar os associados e seus dependentes, proporcionando uma efetiva luta por melhores salários, assistência jurídica, convênios, segurança, saúde , lazer, enfim, melhores condições de vida para os associados. Essas ações fazem com que o Sindicelpa-Ba se destaque no seio de sua categoria, como uma das entidades de trabalhadores mais combativa e respeitada no Estado.

A direção do Sindicelpa-Ba é formada por uma diretoria presidencialista com mandato de três anos conforme Estatuto em vigor, e com direito a reeleição por mais um mandato. Apesar do Sindicelpa-Ba, ser uma entidade jovem, desde sua fundação acumula uma experiência de quatro presidentes:

• Primeiro-Presidente:
_ Sr. Miguel Arcanjo, Eletricista, empresa Inpasa.
• Segundo Presidente:
_ Sr. Antônio Ferreira “Grande”, Operador de Produção, empresa _Inpasa.
• Terceiro Presidente:
_ Sr. Sidney Santos, Analista de Laboratório Físico, empresa Inpasa.
• Quarto Presidente e atual:
_ Sr. Gilberto Pereira, Técnico Mecânico de Manutenção, da empresa _antiga Klabin, Klabin Bacel e hoje BSC-Bahia Especialty Celullose.

É assim que o Sindicelpa-Ba juntamente com sua categoria, vai rompendo barreiras e acumulando conquistas.

Venha também!

afilie-se

acordos

tv

Facebook_like_thumb

Denuncie Aqui

denncia